domingo, 25 de julho de 2010

Amor é pra amar e cuidar muito bem.




Meninas adoram mandar bilhetinhos na sala de aula.
Como não precisam preocupar-se com as demonstrações de carinho umas para as outras, vivem mandando bilhetinhos e cartõezinhos.Tenho vários guardados do meu tempo de escola. Em um destes bilhetes-de-amigas, em que costumávamos celebrar a amizade, uma amiga escreveu :

"O amor é como uma plantinha que precisa de cuidados para sobreviver."

Éramos tão jovens e sequer imaginávamos as experiências  que a vida ainda nos traria. Era só mais uma frase bonitinha, acompanhada de corações e flores desenhadas em folha de caderno. Naquela época, veja que ironia, no fundo eu pensava que o amor romântico não passava dos contos de fadas.

O texto que coloco abaixo fala  na sua essencia,  exatamente sobre essa frase tão aparentemente simplória.
Agora, tendo os Bilhetes de Amigas ficado distanciado pelo tempo, conheço o sentido que ela tem.

Já não tenho mais somente a materialização do amor, mas tenho também o sentido de todas as coisas relacionadas ao amor.

Então, prestem atenção a música e ao texto, e cuidem bem do seu amor.

Porque o amor também cansa de amar, e como cansa!!!



A despeito do que poderiam os desavisados pensarem, amor e cansaço não são incompatíveis.
As pessoas cansam de amar, cansam mesmo.
Cansam de amar no vácuo, no vazio, a contra-gosto, na marra, na mão única, com esforço, no amor à camiseta, cansam de amar quando amar é uma luta inglória, é uma sede saciada a conta-gotas.

 As pessoas cansam de nos amar apesar de nos amarem muito, as pessoas cansam de nos amar quando o amor é à custa de teimosias, defeitos, desaforos, desatenções, estupidezes, falhas de caráter, falta de tempo, descuidos, TPM, stress, chatice, drama, descaso, reclamações, egoísmo, omissões, negligências, filhadaputices, prioridades outras, grosserias, inaptidões, incapacidades, má administração, indiferença, cronograma insano, sacanagens, ingratidõespouco caso,desconsideração,intolerância.

O amor suporta muito e não espera um escambo de atenção e sentimento, mas o amor tem ida e vinda, tem mão dupla, tem uma razão outra que não é puro altruísmo e desapego. Não pense que quanto mais o outro suporta, quanto mais o outro luta, maior é o seu amor.

Isso é uma sabotagem imbecil de quem não se sente merecedor ou capaz de retribuir.

Pai dedicado cansa. Filho devoto cansa.
Irmão parceiro cansa.
Amigo de fé cansa.

Até o grande amor cansa.

As pessoas cansam e desamam e se perdem e vão embora e não voltam mais. Amor não é para sempre, não, não se engane.

O que é para sempre é saudade.

 E a gente fica triste e fica infeliz e fica miserável e fica com a vida besta e vazia depois que quem nos ama desiste, a gente fica com a vida oca, fica tudo preto e branco e a gente acha que tudo bem, que vai ficar tudo bem e a gente se engana que supera, paciência, não era pra ser, não era forte o suficiente, não era verdadeiro o suficiente, mas não fica tudo bem, não supera coisa nenhuma, não era pra ser uma ova. Nananinanão, senhor.

 Porque a gente também cansa da tristeza e do vazio, a gente também cansa da solidão e da miséria, a gente também cansa da infelicidade, mais cedo ou mais tarde, e aí ó, babaus, já cansaram de nós.

Portanto, não ponha o amor à prova. Não se proponha a testar até onde ele suporta. Amor não é gincana, não é rali, não é prova de resistência.

Amor é pra amar e cuidar muito bem.

Já chega o fato de que tem todo o resto do mundo para criar problema, para dar trabalho, para dificultar as coisas. Lute por e não contra. Lute muito, lute bastante.

Mereça o seu amor enquanto ele ainda é seu e ainda está aqui.
Patricia Antoniete





Torta de Limão com Cookie de Chocolate


 A receita do recheio é "suuuuper fácil" e eu já havia postado aqui:



 Ingredientes da Massa:
. 1 pacote de cookies
. 2 colheres (sopa) de margarina.

 Modo de preparo:

Triture os cookies e misture a margarina até forma uma farofa. Cubra o fundo e as laterais de uma forma de 18 cm de diâmetro com fundo removível. Asse no forno preaquecido a 200º durante 10 minutos. Deixe esfriar e reserve.



quarta-feira, 7 de julho de 2010

Preparando a primavera em mim




A melhor coisa do mundo é saber para onde ir
e poder  seguir seu  caminho com  alma leve e
brilho no olho,
independentemente das pedras que existam e ainda de todas as pedras que ainda irão aparecer.
Porque as pedras nos dão a  maravilhosa oportunidade de crescermos através delas, descobrir caminhos inesperados, e evoluírmos como pessoa.



No meu caminho,
tem  bandeirinhas que espalham mensagens de compaixão pelo vento,
é feito de amor,
compaixão,
mantras,
amigos,
Julinha,
amores,
um amor,
amigos,
amigas lindas,
malas de contas coloridas,
tentativas de meditar,
muitas comidinhas gostosas,
plantinhas,
crianças
e bichinhos
....





Passamos uma vida toda colecionando coisas das quais se acha que irá precisar um dia,
como sentimentos, emoções, formas de se proteger da vida,
constrói muros dentro de si mesmo,
e percebe que,
sofrer é inevitável assim como o próprio amor à vida !

Mas aí chega a hora em que  mais do que descobrir o caminho,
você precisa viver esse caminho!

Ser o seu caminho!





"Eu te trago um milhão de presentes,

Que eu achava que já tinha perdido,

Mas estavam na mesma gaveta,

Que o calor das pessoas e o amor pela vida..."



Então derepente você olha prá dentro de si mesmo, e percebe que tudo aquilo que você precisava sempre esteve ali o tempo todo!


Toda primavera já existe latente dentro de todas as estações especialmente quando é inverno.


E percebe que lá, bem do lado do amor que você sente pelas crianças, e pelos amigos, existe muito mais de todos os melhores sentimentos e ainda muito mais do que nem imaginava.

Então corre prá cozinha!
Como a música diz:

" Me espera estou chegando com fome
Preparando a campo e a alma prás flores..."


 Toalha Felpuda


Ingredientes:
Para o bolo:
5 ovos grandes
3 xícaras (chá) de farinha de trigo (400g)
3 xícaras(chá) de açúcar (450g)
1 copo de leite (250g)
1 colher de fermento em pó

Para a cobertura:
2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de água
1 pacote de côco ralado (100g)

Preparo:
1. Bata as claras em neve firme e reserve.
2- Junte, sempre batendo, as gemas e o açúcar .
3- Acrescente aos poucos a farinha de trigo e o fermento em pó.
4- Desligue a batedeira, despeje o leite bem quente e misture com a espátula com movimentos de baixo para cima.
5- Despeje em fôrma retângular untada e enfarinhada. Leve para assar.
6- Em uma panela misture os ingredientes do recheio, leve ao fogo por 5 minutos para engrossar.
7- Espalhe sobre o bolo ainda quente.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Pausar...no a-mar...



O som do mar é mântrico.
O vai e vem constante das ondas nos acalma o coração e tranquiliza a mente.
Assim como escovar os dentes é um hábito, a meditação também pode se tornar um hábito do qual não se pode e não se quer mais viver sem.

Mas era feriado...
O que já era uma pausa dentro das atividades do dia a dia.
Ainda assim...o mar ali, 
o som das ondas,
convidavam-me a fazer uma pausa dentro da pausa.
Precisava meditar.
Mas como meditar ali?
No meio de tudo? De todas as pessoas, crianças...o caos.

Então pensei na lei da física:

"Existe ordem no caos."
Móléculas aparentemente caóticas organizam-se num equilíbrio dinâmico.

Meditação na Paulista!!!!

Era isso!!! Lembrei-me de um vídeo, uma prática de meditação em plena Avenida Paulista !!!!!!!!!!!
Há sim ordem no meio do caos!!

Um Happy-Hour extremamente perturbador:





E lá me fui....
Escolhi o lugar, ou melhor, cheguei a conclusão de que não sair do lugar chamaria menos atenção do que escolher um lugar especial distante de todos.

Então...

Apenas sentei-me no chão, na areia quente e fofa.
O sol quentinho me envolvendo como se eu fizesse realmente parte de tudo, do todo...

Costas eretas,
mãos pousadas nos joelhos...língua no céu da boca, queixo ligeiramente para frente...

Olhar no ponto fixo... ao longe... na direção do mar.
Meu ponto fixo começou a fundir-se com todos os inúmeros pontinhos de luz, refletidos pelo sol na água.
Os pontos fundindo-se e ...logo eu via apenas pontinhos brilhantes...
Lindo.
Uma experiência que não seria possível de se observar de outra forma.
Neste estado as formas tomam outros contornos e adquirem diferentes dimensões.

Antes que uma onda de pensamentos pudesse me invadir, imaginando se as pessoas começariam a ficar intrigadas pelo fato de eu estar ali, imóvel, consegui perceber um menino vindo diretamente e apressadamente  na minha direção,
com uma pedra !!!
Mas não era uma pedra qualquer, era uma peeeedra, uma pedra muuuito grande.

Achei melhor considerar que aquilo era também muito real.
E tratei de interromper minha experiência meditativa em prol de algo, digamos, mais urgente.

Mas ufa!! rsrsrs
Ele só queria mostrar a pedra.
Confundiu-me com a sua mãe, e antes que eu pudesse acudir, sua mãe já chegava ao nosso encontro...






Torta de Brigadeiro

INGREDIENTES
Massa:

  • 2 pacotes de biscoito de leite (360g)

  • 80g de margarina

Recheio:

  • 2 colheres (sopa) de margarina

  • 5 colheres (sopa) de chocolate em pó

  • 2 latas de leite condensado

  • 1 xícara (chá) de leite

  • 1 lata de creme de leite sem soro

Massa: Triture os biscoitos e misture a margarina até formar uma farofa. Forre o fundo e a lateral de uma fôrma de 24 cm de diâmetro com aro removível. Asse no forno preaquecido a 200 graus durante dez minutos. Deixe esfriar e reserve.


Recheio: Em uma panela, misture a margarina, o chocolate em pó, o leite condensado e o leite. Leve ao fogo brando, mexendo até desgrudar do fundo da panela. Retire do fogo e misture bem o creme de leite. Deixe esfriar e coloque sobre a massa. Leve à geladeira até firmar. Decore com bolinhas de chocolate.
Bom...parece que a Torta ficou mesmo gostosa né...rs
Teve até um mineiro muito esperto que encontrou o último pedaço dela e ...vejam o que sobrou!!!
kakakaka

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Sobre a importância de se comer cenouras

Esse bolo de cenoura é bem simples. Tem em quase todos os cadernos de receitas de família e,
claro que também teria que estar aqui !!

Todos nós deveríamos comer mais cenoura,
afinal, faz muito bem pra saúde,
alguém duvida???



Bolo de cenoura


Ingredientes:

3 cenouras médias raspadas e picadas
1 xícara de óleo
2 xícaras de açúcar
3 ovos
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 pitada de sal
2 xícaras de farinha de trigo

Para cobertura:

5 colheres (sopa) de chocolate em pó
6 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de manteiga
1 xícara de leite

Modo de preparo:
Bater no liquidificador as cenouras, o óleo, o açúcar, os ovos, o fermento e o sal. Bater bem. Despejar numa vasilha acrescentando a farinha de trigo aos poucos. Bater com uma colher de pau até formar bolhas. Untar uma forma e assar em forno preaquecido quente até que enfiando o palito ele saia limpo.

Para a cobertura:
Leve ao fogo brando todos os ingredientes até que a calda engrosse. Despeje sobre o bolo ainda quente.